Videogames e DVD’s tiram audiência de Globo, SBT e Record

Padrão

Cena de "Salve Jorge"

Cena de “Salve Jorge”

Um a cada quatro telespectadores já não assiste às grandes redes de TV. Para se entender como se chegou a essa afirmação, é necessário descobrir como se mede a audiência de videogames e DVD’s.

Duas siglas simbolizam importantes relatórios que servem de análise para os grandes proprietários de emissoras do Brasil. Um deles é a “OAP”, que mede audiência de DVD’s, videogames e daquelas canais que tem audiência pífia, como MTV, Rede Vida, Mix TV, etc. Já o “OCN” contabiliza os canais pagos, os abertos no sinal UHF e, pasme, canais de sistema interno de segurança.

Os índices de audiência marcados por essas siglas vêm crescendo a cada ano e no último mês atingiram a marca de  9,8 pontos na Grande São Paulo. Em um total de 39% de televisores ligados naquele momento, os DVD’s e videogames representavam 25%.

Partindo deste número, voltamos à frase que abre esta matéria: um a cada quatro telespectadores já não assiste grandes emissoras como Globo, Record, SBT, Band e RedeTV! As atrações da TV aberta de grande porte estão perdendo espaço para os joguinhos de videogame e os filmes de DVD.

Tais dados ajudam a explicar, por exemplo, porque o SBT e a Record tendem a disputar cada vez mais a audiência entre si do que com a Globo, que, por sua vez, luta diariamente para conseguir ultrapassar as antigas pontuações de suas novelas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s