Departamentos artístico e comercial da Band batem de frente

Padrão

Diego Guebel, diretor de conteúdo TV da Band, conta, em entrevista exclusiva ao UOL, que ofereceu o "CQC" a diversos canais. "Falavam que isso não era humor brasileiro" (11/04/12)

Há, no mínimo, uma divergência, uma maneira de pensar diferente, entre os departamentos Artístico e Comercial da Bandeirantes.

Enquanto Diego Guebel e equipe trabalham para aumentar a audiência da emissora, em suas mais variadas faixas de horário, Marcelo Mainardi e o seu pessoal do comercial tentam ampliar as margens de venda, em todos os espaços possíveis da programação.

Como resumo da ópera em tudo isso, os diversos intervalos comerciais possíveis estão com as suas lotações esgotadas, cada um deles sempre ultrapassando a marca de 6 ou 7 minutos de duração, que é um exagero. Se, de um lado, emissora nenhuma sobrevive sem faturar convenientemente, não deixa de ser verdade que a boa média conquistada também é fator preponderante nas vendas.

Há a necessidade de se encontrar um meio termo. Brigar ou discutir por causa disso não vai levar a nada. O melhor mesmo é a boa e velha conversa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s